3 formas de arruinar um hotel

0 - 3 formas de arruinar um hotel

Depois de uma semana muito de trabalho, eu e meu namorado resolvemos ir para o nosso lugar predileto no Rio de Janeiro para relaxar: o Pontal. 

No carro, aquela expectativa, enquanto cantávamos uma velha canção do Tim Maia, (sabe qual)? 😂

Ao chegar no hotel, veja a decepção: o espaço com potencial de 5 estrelas, no desespero pela monetização, cometeu o erro fatal que a maioria dos empreendedores cometem: atirar para todos os lados. 

Como casal em pleno “final de semana de mel”, estávamos super dispostos a pagar caro para ter conforto e bem estar. Entretanto, o setor comercial lotou o espaço com eventos de baixo custo, o que resultou em problemas para o seu público alvo. Por exemplo:

1. Check-in demorado.

2. Burocracia devido ao excesso de movimentação no hotel.

3. Equipe sobrecarregada, prejudicando o atendimento.

Ficamos abismados com a perda total do potencial de um lugar incrível. Era evidente que as coisas não iam bem nas finanças, devido a falta de atenção aos detalhes.

Essa briga entre comercial x marketing é constante, mas o marketing pensa sempre estrategicamente: não adianta nada vender mais se você não lucra o suficiente dessas vendas. 

Pior ainda se você prejudica a experiência do seu cliente potencial, isso compromete demais o valuation de marca.

É por isso que alguns hotéis são vazios e ricos e tem marcas que valem MUITO, enquanto outros caminham para a falência e caem no esquecimento.

Triste e trágico. Não cometa esse erro com seu negócio. Contrate um Consultor de marketing anualmente. Esteja à frente das tendências, treine sua equipe de vendas.

Receba as novidades do nosso blog

© 2018 Copyright Julyane Miranda.