Nubank: Um Exemplo de Diferenciação

Nubank 810x456 700x394 - Nubank: Um Exemplo de Diferenciação

Por Julyane Miranda

Inúmeras tarifas, taxas de juros altíssimas, burocracia, perda de tempo.

Foi nesse cenário que o colombiano David Vélez, CEO do Nubank, percebeu uma oportunidade dentro da dificuldade.

Vélez fundou o Nubank após passar pela experiência de ser cliente de um banco em nosso país, segundo suas próprias palavras: abrir uma conta corrente, ligar para um call center, fornecer uma série de dados, ir presencialmente, colocar seus pertences em uma caixa, passar pela porta giratória e ser encarado por um guarda como se estivesse prestes a fazer algo errado foi uma surpresa para o empreendedor.

“A experiência de um consumidor em um banco no Brasil é como a de um criminoso. É extremamente difícil e burocrático abrir uma conta no país onde os clientes pagam as maiores taxas de juros do mundo. Como é possível que alguém que paga taxas tão altas aceite ser tratado assim?”

O Nubank foi construído em cima das principais “dores” dos clientes.

Quem nunca passou por uma situação de descontentamento com bancos e operadores de crédito?

O Nubank veio então com um serviço 100% digital através do qual o cliente solicita o cartão e envia os documentos pelo próprio aplicativo, acompanha os gastos em tempo real, categoriza e organiza cada transação, pode bloquear o cartão a hora que quiser e o atendimento é cortês e ágil, pelo próprio chat do aplicativo.

Além de tudo isso, um dos maiores destaques do Nubank é a isenção de anuidade ou taxa. Os juros de financiamento também são bem mais baixos do que a maioria dos cartões. Sendo assim, o consumidor tem acesso a um aplicativo digital simples e com um excelente design, não paga taxas e ainda é bem atendido. Tudo o que a maioria dos consumidores de serviços financeiros precisava, não é?

De maneira geral o mais importante na análise do modelo de diferenciação da Nubank é perceber que há um alinhamento bastante estratégico na sua competitividade. A empresa reinventou sua atuação a partir da insatisfação generalizada. A sua inovação não está apenas no produto, mas também em todo o modelo de gestão da empresa.

Estamos vivendo uma onda onde a questão da facilidade e da tecnologia fala mais alto. A presença no meio digital é hoje um fator decisivo para o sucesso de um negócio.

E você, já parou para pensar que, independente do seu ramo, certamente existem oportunidades no seu mercado que precisam de uma boa estratégia de diferenciação?

Comenta aqui embaixo! Eu adoraria conhecer seus pensamentos sobre este assunto! E se gostou, compartilhe esse post com seus amigos e ajude outras pessoas a encontrá-lo!

Receba as novidades do nosso blog