Crise de identidade no mundo digital

1 mF9r1McWRXcxJJtcDbpS5w 1024x682 - Crise de identidade no mundo digital

Quem somos e para onde vamos?

O fenômeno da internet trouxe vários benefícios para humanidade, mas também nos deixou ainda mais complexos, o que favoreceu a crise de identidade, principalmente no quesito identidade digital.

É fato que para estar na internet precisamos nos fragmentar, pois na rede existimos em comunidades. E o “tcham” da internet é justamente esse: as comunidades de nicho, onde, se eu não encontro ninguém na minha cidade, bairro ou casa para conversar sobre um assunto específico, é na internet que eu acho espaço e participo de uma nova família.

Hoje em dia, sucesso no mundo digital, basicamente significa criar e liderar uma tribo.

O problema é que os atuais lideres digitais atuam como no antigo marketing 1.0: o objetivo é vender produtos e ganhar dinheiro, o tão conhecido empreendedorismo digital.

Parece que evoluimos e voltamos para o mesmo circulo: tecnologia para termos o mesmo comportamento de 1900?

Seguindo a tendência iniciada pelo Mark Zuckerberg, a criação de grupos e tribos é um negócio que rende muito, aumentando ainda mais a crise de desconfiança entre pessoas e marcas e deixando a comunidade imersa num infinito vazio na busca por pertencer.

A crise de identidade é um fenômeno que acontece com os querem sair dessa roda infinita de evolução involuída.

É o espirito dizendo assim: não quero pertencer a algo que não tem sentido nem porquê.

Mas, se a nada pertenço, quem sou eu?

Não há resposta pronta. É necessário trocar e discutir: para onde estamos REALMENTE querendo ir?

Receba as novidades do nosso blog